OU

Blog

Bomba de combustível: uma peça discreta, mas importantíssima

Não são só os relógios que contam com várias peças que se completam em prol do seu funcionamento. Os veículos também utilizam a mesma lógica de exatidão para que você se movimente pela cidade ou pela estrada. Dentre todos os itens que fazem o carro funcionar, estão os que fazem a combustão, ou seja, transformam a gasolina em energia. Um dos mais vitais nesse sistema é a bomba de combustível.

 

A bomba de combustível tem uma função importante para que a combustão seja realizada. Graças a essa peça, a gasolina ou o álcool é direcionado ao motor, que realiza a combustão dentro dos cilindros. Existem bombas mecânicas e elétricas. Em alguns carros compactos ou nas motos, o item não é necessário, tendo em vista que a gravidade executa a transposição automaticamente. Entretanto, a maioria dos veículos a usa.

 

Diferenças: bomba de combustível mecânica ou elétrica

 

Você pode ter dois tipos diferentes de bomba de combustível. A mecânica funciona como uma válvula que controla a saída do combustível a partir da rotação do motor do seu carro. Nesse processo, a gasolina ou o álcool são fornecidos em uma pressão entre 0,96 e 1,03 bar. Esse tipo de bomba fica do lado externo do tanque, facilitando em caso de troca, além de ter uma chance menor de ter defeito. O sistema mecânico é utilizado apenas em carros antigos.

 

As bombas elétricas, por sua vez, nasceram para entregar a pressão necessária em veículos que utilizam injeção eletrônica. Proporcionando uma pressão de 2,75 a 3,44 bar, a peça fica localizada dentro do tanque de combustível. Por serem elétricas, problemas com o sistema que a controla pode causar um mau funcionamento.

 

Em ambos os casos, a bomba de combustível tem como função básica bombear o combustível direto do tanque para os cilindros do motor, garantindo que ele chegue com o nível de pressão exigido pelo seu veículo.

 

Aprenda a identificar: possíveis problemas com a bomba

 

A bomba de combustível pode ocasionar alguns problemas que são fáceis de se identificar. Um dos sinais claros é quando o motor engasga em velocidades altas. Os engasgos, que podem ser diagnosticados como combustível adulterado, ocorrem também pela falta de pressão da bomba ao transportar o líquido.

 

O mesmo problema de pressão pode ocasionar em uma perda de força ao acelerar. Se, ao pisar no acelerador, o carro dê sinais que irá morrer, fique atento. Por não manter o nível de pressão exigido, a bomba de combustível defeituosa ocasiona em uma dificuldade do veículo para manter a mistura de ar e combustível.

 

Existem também casos de problemas com a bomba que ocasionam em um “empurrão”. Quando a peça já está desgastada e não consegue regular a pressão, o seu carro acaba sendo empurrado, sendo jogado pra frente. Isso acontece porque a bomba de combustível joga mais pressão do que a necessária.

 

Se você ignorar todos esses sinais, chegará a hora que o motor do seu carro simplesmente não irá ligar mais. Tudo porque a bomba de combustível não irá enviar o líquido necessário para o motor funcionar. Antes que seja tarde demais, verifique as ofertas de bomba de combustível na Auto Bitts! Não deixe seu carro ficar parado em casa.

Bomba de combustível: uma peça discreta, mas importantíssima

Produtos relacionados