OU

Blog

Manual completo para cuidar do seu carro com economia

Manual completo para cuidar do seu carro com economia

Desenvolvemos um guia de cuidados que todo motorista deve ter com seu carro, caso não queira ter algum problema inesperado e, de uma hora para outra, ficar na mão. Ensinaremos você a evitar grandes prejuízos.

A boa notícia é que são dicas simples e, se a manutenção for bem feita, qualquer loja de auto peças em BH pode te dar o suporte necessário para que você não tenha problemas com seu carro.

Pense no seu carro como um organismo vivo

Assim como nosso corpo, o carro é composto por partes distintas que trabalham para o funcionamento de um todo. Não existe parte menos ou mais importante, é preciso ter cuidado com todas.

Até porque, o mau funcionamento de um componente pode, com o passar do tempo, desgastar todo o restante do sistema, caso esse problema não seja resolvido o quanto antes. Exatamente como acontece com qualquer organismo vivo.

A lição que tiramos dessa mini aula de biologia é de que devemos cuidar de todas as partes que compõem um veículo, pois em menor ou maior escala, todas têm sua importância para o bom funcionamento do mesmo.

Por isso, vamos às dicas de cuidado para todo seu carro, porque o que importa mesmo é economizar e ter seu carango sempre nos trinques!

 

Manual de cuidados para ter com seu carro

Manutenção do motor

Como não poderia deixar de ser, começamos com a parte mais importante de seu carro. O motor é o coração do veículo e, como em nosso corpo, qualquer problema nesse componente pode ser fatal para a vida útil do mesmo.

Antes de falarmos em manutenção, é importante ressaltar de que forma podemos prevenir problemas com essa parte de seu carro. Obviamente, a primeira dica é não forçar demais a aceleração e a rotação do motor, andando acima da marca vermelha do marcador de velocidade. Utilize disso apenas em ultrapassagens, até para sua própria segurança.

No entanto, o que muitos não sabem e até acabam tendo problemas por isso, é que não exigir o mínimo de desempenho do motor, andando sempre na faixa dos 40, 50 Km/h, também pode fazer com que ele venha a ter problemas. Então, utilize-o de forma correta.

Mesmo assim, é muito importante realizar a manutenção periódica do motor, de preferência com um mecânico de confiança que não vai te cobrar caro por esse serviço ou sugerir a troca de peças antes da hora, apenas para lucrar um pouco mais às suas custas.

Mas quando trocar, afinal de contas?

Obviamente, não há um momento exato que sirva para todos os motoristas saberem a hora de trocar algumas peças de seu carro. Tudo depende basicamente do quanto o automóvel é utilizado e, consequentemente, de como isso desgasta essas peças. E isso pode variar de carro para carro.

No entanto, especialistas no assunto que atuam em lojas de auto peças em BH, ou seja onde for, recomendam que, para sua segurança e de seu veículo, o prazo de troca das seguintes peças seja:

  • Velas: A cada 20 mil Km rodados;
  • Filtro de Ar: A cada 15 mil Km rodados;
  • Filtro de combustível: A cada 10 mil Km rodados;
  • Carburador: A cada 80 mil Km rodados.

Nunca se esqueça de levar a sério essa dica, pois se descuidar quanto ao período de troca dessas peças pode não só ocasionar um dano maior no seu carro, como também propicia um maior consumo de combustível.

 

Manutenção freios

 Fique atento aos freios

Cá entre nós, se há algo em que todo mundo concorda é que descobrir um problema nos freios do carro no momento em que está dirigindo não deve ser nada legal, não é?

Para evitar qualquer sufoco dessa natureza, é importante checar o sistema de frenagem periodicamente, principalmente no fluido de freio. O baixo nível desse líquido em seu reservatório pode significar algum vazamento ou, na melhor das hipóteses, que está na hora de dar uma renovada nos níveis de fluido em seu veículo.

 

Descuidar do sistema de Arrefecimento pode te deixar de cabeça quente

Assim como nosso corpo, o motor de um carro também possui uma temperatura ideal que indica que ele está “saudável” e funcionando bem. Essa temperatura gira em torno de 90º C.

O sistema de arrefecimento é o responsável por não permitir que o motor superaqueça e seu mau funcionamento pode ocasionar diversos problemas, como o comprometimento da junta do cabeçote e até mesmo aumentar o consumo de combustível do veículo.

É possível checar o funcionamento desse sistema por meio do ícone do termômetro presente no painel de instrumentos de todo veículo. Para sua segurança e de quem você transporta, o ponteiro não deve, em nenhuma hipótese, chegar perto do indicador vermelho.

Isso pode indicar superaquecimento do automóvel e, caso o carro não seja desligado imediatamente, ele pode vir a fundir ou até iniciar um pequeno incêndio no motor. Você com certeza não quer passar por isso, não é?

Então fique atento aos níveis de água no reservatório, pois cumprir à risca essa dica pode evitar problemas.

 

Manutenção de pneus

Pneus

Essa é outra parte do veículo que todo proprietário deve estar sempre atento e não descuidar, pois além de pneus bem conservados serem fundamentais para a segurança do motorista e de quem ele carrega, essa parte do carro é mais fácil de ser fiscalizada e pneus desgastados podem render multa ao motorista.

Dessa forma, fique atento caso os pneus atinjam a profundidade de 1,6 milímetros. Essa é a marca indicada para que eles sejam trocados e pode ser percebida por um ponto desenhado no pneu, chamado TWI, identificado por um triângulo na lateral, e que fica a mostra quando a peça se desgasta.

Não se esqueça de sempre calibrar o pneu na pressão indicada. Isso evita que haja gasto excessivo de combustível. O ideal é que essa calibração seja feita pelo menos duas vezes ao mês.

Todas essas dicas servem também para o estepe. Lembre-se de ter com ele o mesmo cuidado que tem com os demais pneus, pois quando você menos esperar, vai precisar que ele esteja utilizável.

Alinhamento e balanceamento são os melhores amigos de seus pneus

Ter o cuidado de sempre levar seu carro para ser alinhado e balanceado pode significar muita economia para seu bolso. Além de proporcionar melhor dirigibilidade, principalmente nas curvas, são cuidados muito importantes para o veículo, pois propiciam:

  • Menor desgaste dos pneus e consequente aumento de sua vida útil;
  • Menor gasto com combustível, pois melhoram o atrito do pneu com o solo;
  • Melhor dirigibilidade e segurança para motorista e passageiros
  • Menor vibração no veículo, o que contribui para viagens mais confortáveis.

Vale lembrar que alinhamento e balanceamento devem ser feitos a cada 10 mil Km rodados, ou quando os pneus forem trocados.

Lembre-se de sempre trocar o óleo 

O óleo tem a importante função de lubrificar as partes móveis do motor, evitando grandes atritos entres esses componentes.

É importante observar as recomendações da montadora quanto ao prazo de troca do óleo, pois não realizar esse processo no prazo correto pode causar vários problemas, desde falhas no sistema de lubrificação até mesmo avarias mais sérias no interior do motor.

Os níveis desse fluido no motor podem ser checados por meio da vareta de óleo e a inspeção deve ser feita num local plano e, claro, com o motor frio.

 

Bateria

Como disse James Hetfield, do Metallica, a bateria está aqui para ficar.

Perdão pelo trocadilho, mas ele serve para mostrar a importância dessa peça para o carro já que, sem ela, nada vai funcionar em seu possante.

A bateria é a parte responsável por armazenar energia que fará funcionar todo sistema elétrico do veículo. A manutenção deste componente é feita por meio da checagem dos cabos e a verificação de que eles estão limpos e bem fixados aos pólos.

Uma dica para fazer com que a carga da bateria dure mais, é evitar utilizar a parte elétrica do carro com ele desligado, como ouvir música ou usar o ar condicionado.

Se você é daqueles que possuem o carro, mas quase não o utiliza, cuidado! Isso pode ocasionar falhas na bateria. Para evitar esse problema, busque ligar o veículo pelo menos a cada 10 dias e deixe-o ligado por aproximadamente 5 minutos. Isso propiciará uma carga adicional à bateria!

Segure-se!

Precaução nunca é demais e por isso as dicas dadas acima têm muito que contribuir para sua segurança e economia! No entanto, infelizmente, trânsito não é composto apenas por motoristas precavidos e prudentes.

Dessa forma, nunca deixe de fazer um seguro automotivo e proteja seu carro de eventuais problemas que você possa vir a ter no trânsito!

E aí, gostou das nossas dicas? Agora você está pronto para cuidar do seu carro com o carinho que merece, não é? Esperamos que o material tenha sido útil para sanar dúvidas e orientar quão importante são as atitudes que todo motorista deve tomar, visando prezar por sua segurança e também por seu bolso!

Quer ter acesso a conteúdos como esse, com assuntos que com certeza são de seu interesse? Veja o nosso blog e fique por dentro de nossas dicas!

Lembre-se sempre que quando o assunto é auto peças em BH, a Autobitts é sinônimo de economia e assistência no que você precisa!