OU

Blog

Tudo que você precisa saber ao trocar sua pastilha de freio!

Uma frenagem segura é uma das coisas mais importantes para prevenir acidentes na direção, e as pastilhas de freio são peças essenciais para garantir o sucesso da frenagem – são elas que sofrem o impacto, aplicando pressão para que o veículo pare.

 

As pastilhas de freio são discos normalmente localizados atrás das rodas do carro. Quando o freio é acionado elas friccionam o rotor do freio, o que faz as rodas diminuírem de velocidade. Entretanto, o atrito que acontece nesse momento leva ao desgaste acentuado das pastilhas.

Quando trocar a sua pastilha de freio?

Após um certo desgaste as pastilhas de freio precisam ser trocadas para garantir a segurança da frenagem, caso contrário elas podem falhar justo nos momentos em que são mais necessárias. Mas o tempo de duração das pastilhas varia com vários fatores, por isso é importante estar sempre atento.

 

Ler o manual e pedir a verificação das pastilhas de freio toda vez que o carro for à revisão ou a cada 10 mil quilômetros rodados são pontos muito importantes, mas existem outras maneiras, que podem ocorrer com maior frequência, de verificar a situação das pastilhas de seu carro.

 

O motorista pode perceber que já está na hora de trocar suas pastilhas de freio identificando alguns desses sinais: frenagem mais demorada que o comum, sentimento de que o pedal está mais frouxo, e, nos piores casos, ruídos incomuns ao frear o carro.

 

Quando o processo de frenagem apresenta um ruído diferente a situação pode ser mais grave porque indica um desgaste maior das pastilhas, já que o barulho é causado pelo contato entre duas partes metálicas. Esse contato é agressivo para o disco de freio e pode causar danos maiores.

 

Na hora da troca, vale a pena trocar todas as pastilhas ao mesmo tempo, mesmo que algumas não estejam tão danificadas. Outra dica é verificar os discos do rotor ao trocar as pastilhas, porque sulcos no disco podem levar ao desgaste antecipado de suas novas pastilhas de freio.

O que levar em conta ao comprar novas pastilhas de freio

Atualmente, no mercado, existe uma grande variedade de pastilhas de freio, o que leva os motoristas à dúvida na hora de trocá-las. Por isso, explicaremos aqui alguns tipos de pastilha existentes e suas vantagens e desvantagens para diferentes situações de direção.

 

  • Pastilhas de freio orgânicas

No passado, a maior parte das pastilhas eram feitas de asbesto para a fricção. Asbesto é um material resistente, com boa capacidade de absorção do calor, e por isso é ideal para a função. Entretanto, ao ser quebrado ou friccionado mais agressivamente, ele gera um pó tóxico.

 

Por isso, hoje em dia os materiais usados são menos poluentes e atóxicos, mas acabam sendo menos resistentes e menos duros. Por isso, pastilhas orgânicas são ideais para carros mais leves, que trafegam em menores velocidades e fazem poucas frenagens bruscas.

 

  • Pastilhas feitas de cerâmica

As pastilhas de cerâmica são ótimas para frenagens de alta precisão, aumentando a segurança do carro mesmo nas paradas bruscas. Elas são leves ao mesmo tempo que são resistentes, logo, têm boa durabilidade. O problema principal é o preço: sua produção é complicada, por isso são caras.

 

  • Pastilhas de freio metálicas

Esse tipo de pastilha é o mais usado nos dias de hoje. Formada por uma liga de metais fortes, é durável, eficiente e seu preço é acessível. Além disso, as pastilhas metálicas têm forte dissipação de calor e são duras, aguentando frenagens mais bruscas.

 

Seus pontos fracos são o peso elevado, prejudicial em relação à eficiência do combustível, e à queda de sua eficiência em dias mais frios, nos quais as pastilhas não estão devidamente aquecidas e o carro demora mais a parar e ficar estável.

Além de considerar o tipo de pastilha mais adequado para a sua situação de direção é também importante valorizar a indicação da montadora. Qualquer seja a sua escolha final, a Auto Bitts tem as melhores peças automotivas e lá você encontra a pastilha de freio que deseja!

Tudo que você precisa saber ao trocar sua pastilha de freio!

Produtos relacionados