OU

Blog

Rodando com segurança: garantindo o funcionamento dos amortecedores

Você já está cansado de saber que revisar o seu carro não é uma questão de mero detalhe. Verificar todas as peças garante a segurança e o melhor aproveitamento do veículo em qualquer situação, além de evitar surpresas durante a sua direção. Você já verificou os cuidados com a embreagem e com os freios. Mas não podemos esquecer de outro elemento essencial: os amortecedores.

 

Os amortecedores fazem parte do sistema de suspensão do carro e sua manutenção é questão de segurança. Todo o conjunto garante que o veículo tenha estabilidade nas ruas e estradas, garantindo a dirigibilidade. Mas só o amortecedor tem uma função muito importante: como eles absorvem as irregularidades do solo, eles garantem que todo o carro não saia da sua mão.

 

É claro que uma peça tão vital como os amortecedores precisam de um cuidado especial. Saiba como tratar bem desse elemento do veículo.

 

Ouvidos e olhos atentos: perceba os sinais dos amortecedores

 

Se você procurar uma quilometragem exata para trocar os amortecedores, não irá encontrar. As peças costumam ser trocadas quando o desgaste do veículo estiver elevado, e isso varia de situação a situação. O perfil do condutor é determinante para saber quando a renovação é necessária. Ainda assim, é importante ficar atento a partir dos 40 mil quilômetros rodados e fazer uma revisão a cada 10 mil.

 

Barulhos podem facilitar a identificação de problemas nos amortecedores do seu veículo. Além dos ruídos, vibrações no volante, balanço excessivo nas freadas ou nas arrancadas, perda de controle do carro nas curvas ou oscilações no trajeto mesmo em linha reta são sinais (alarmantes) que o veículo está pedindo a troca.

 

Evite os amortecedores recondicionados

 

Há um tempo, nós explicamos para você o que são amortecedores recondicionados. Na hora de trocar, é melhor você nem pensar nessa opção para o seu carro. Além da vida útil mais curta, um amortecedor recondicionado de procedência duvidosa pode jogar a sua segurança e dos seus passageiros para longe. Preferencie itens originais e recomendados pela montadora.

 

Garanta a duração da peça

 

Chegará o dia que você precisará trocar os amortecedores do seu carro, mas você pode fazer que essa data demore um pouco mais. Existem pequenas dicas – ou pequenos “bons hábitos” – que evitam uma troca prematura.

 

As dicas são bem simples. A primeira é: não passe nos quebra-molas com o carro na diagonal. O senso comum pode acabar fazendo que você prejudique os amortecedores do veículo, já que o recomendado é distribuir o peso entre as rodas do carro. Peso em excesso é a segunda dica de hábitos a evitar. O manual do veículo contém recomendações sobre os limites – e é bom você respeitá-los. A terceira e não menos importante é para que você evite o rebaixamento excessivo. A justificativa é a mesma da segunda dica. O mais óbvio, talvez, é: evite buracos.
Não é difícil garantir que seus amortecedores durem por mais tempo. Mas se você está precisando de comprar peças novas, consulte as ofertas da Auto Bitts! O melhor preço para seu veículo rodar com peças originais e com qualidade em qualquer rua.

Rodando com segurança: garantindo o funcionamento dos amortecedores

Produtos relacionados